Prefeitura de Feira de Santana divulga candidatos com redação aprovada em concurso para professor

A Prefeitura de Feira de Santana, cidade a cerca de 100 km de Salvador, divulgou a lista com os candidatos que tiveram redação aprovada no concurso para contratação de professores da rede municipal. O edital com o resultado foi publicado no Diário Oficial do município desta quinta-feira (1º). A lista pode ser acessada na internet.

O concurso foi realizado em setembro deste ano e contou com 11.897 candidatos inscritos, para um total de 100 vagas. A relação divulgada nesta quinta possui apenas os candidatos que atingiram a nota prevista para a prova, conforme subitem 13.3 do Edital de Abertura nº 001/2018 apontado pela prefeitura.

Além da lista, o candidato também pode consultar a nota individualmente no Boletim de Desempenho da Prova de Redação e a Folha da Versão Definitiva da Prova de Redação através do link disponível no site da empresa organizadora do certame. O prazo para a consulta é de até 60 (dias) dias, a contar da data de publicação do edital.

Quanto ao resultado divulgado da redação, segundo a prefeitura, caberá interposição de recurso, que deverá ser protocolado em formulário próprio, também disponível no site da organizadora, entre a meia-noite de 5 de novembro e 23h59 do dia 6, observado o horário oficial de Brasília.

Retificação

O resultado anterior do concurso foi retificado após investigação do Ministério Público da Bahia (MP-BA). O novo edital com a lista atualizada dos candidatos que puderam ter as redações corrigidas foi divulgado no dia 23 de outubro.

O MP instaurou um inquérito no dia 16. Conforme o órgão, a investigação foi iniciada após denúncias de candidatos, que apontavam que havia irregularidades no edital divulgado anteriormente.

Segundo o promotor de Justiça Tiago Quadros, candidatos classificados para a etapa de correção das redações ficaram simultaneamente na relação dos aprovados por cotas e por ampla concorrência, o que, segundo o MP, reduziu o número de professores com a possibilidade de serem aprovados.

Na época, além de abrir o inquérito, o MP realizou uma reunião com representantes do município, na qual foi acordada a adoção de medidas para adequação do edital do processo seletivo. Na reunião, o entendimento foi de que os candidatos com pontuação suficiente para disputar em ampla concorrência deveriam ser excluídos da lista de vagas reservadas às cotas.

Clique aqui e participe do nosso grupo no WhatsApp.  

APOSTILAS PARA CONCURSO

Compartilhar