Após tentativa de fraude, concurso dos Bombeiros não será anulado no Pará

A Secretaria de Administração do Estado do Pará (Sead) informou nesta segunda-feira (25) em entrevista coletiva que o concurso dos bombeiros não será anulado. Neste domingo (24), 47 pessoas foram detidas por suspeita de tentativa de fraude.

Segundo a polícia, um dos candidatos envolvidos no esquema terminou a prova mais cedo e passou as respostas para uma quadrilha, que transmitia as respostas por celular para os candidatos, no bairro do Tenoné, em Belém. Um dos suspeitos foi preso em um colégio perto da escola onde ocorria o concurso. Com ele, um caderno com anotações das supostas respostas foi encontrado.

O concurso dos bombeiros ofertava 330 vagas para os 42.357 mil candidatos inscritos. Desses, 24 mil realizou a prova em Belém. Segundo a Sead, as respostas não batem com o gabarito oficial do concurso.

“Considerando que o gabarito encontrado com os suspeitos, daria aos candidatos apenas sete acertos em relação a um tipo de prova, que foi a prova verde, e que não haveria acerto de 50%, mínimo para os candidatos serem aprovados na prova objetiva, em nenhum dos quatro modelos de prova utilizados, o concurso está mantido”, afirma a secretária de administração, Alice Viana.

Ainda segundo a Sead o cronograma segue normalmente com a divulgação do resultado das provas objetivas no dia 22 e as demais quatro fases do concurso.

Investigações
De acordo com o Delegado Geral da polícia civil, Rilmar Firmino, das 49 pessoas investigadas 47 são adultas e duas foram apreendidas por serem adolescentes. Os adultos vão responder por tentativa de fraude em certame de interesse público, que prevê pena de 1 a 4 anos de reclusão.

Ainda segundo o delegado, o individuo que estava responsável por repassar o gabarito também será enquadrado por falsidade ideológica, já que a inscrição dele foi indeferida pela comissão do concurso por ele ter mais de 27 anos e ele fez a prova com uma identidade falsificada. Um dos presos, com apoio de outros comparsas, iria enviar toques de celular correspondentes às supostas alternativas corretas da prova.

Clique aqui e participe do nosso grupo no WhatsApp.  

APOSTILAS PARA CONCURSO

Compartilhar