Fábrica da Fiat em Betim vai receber investimentos de R$ 8 bilhões e gerar 8 mil empregos

Nos próximos 5 anos, a planta da Fiat em Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, vai receber R$ 8 bilhões. O anúncio foi feito durante assinatura de um protocolo de intenções entre o governador de Minas Gerais Fernando Pimentel e o grupo Fiat Chrysler Automóveis (FCA).

Os novos investimentos são parte do plano estratégico global anunciado pelo CEO da FCA, Sergio Marchionne, em 1º de junho. Os recursos permitirão a ampliação da gama de produtos da Fiat. Serão 15 lançamentos até 2023, entre carros novos, renovações de modelos e séries especiais.

Segundo o presidente da FCA para a América Latina, Antonio Filosa, os investimentos ainda criarão oito mil empregos diretos e indiretos. “Aqui somos um motor de inovação, estamos no meio de um tecido industrial com mais de 160 fornecedores. Tivemos o apoio do governador, dos secretários, para celebrar este novo ciclo”, afirmou.

Segundo o governador, a identificação da empresa com Minas Gerais deve-se à união entre tradição e inovação, como o próprio Estado. “A Fiat foi meio que incorporada por Minas Gerais no nosso patrimônio, mais do que no nosso patrimônio econômico, eu diria que no nosso patrimônio afetivo. É uma empresa que optou por Minas Gerais e tem a cada ano renovado essa opção”, destacou o governador.

Histórico

O anúncio do investimento foi feito durante cerimônia de comemoração dos 42 anos da fábrica de Betim. O polo automotivo da Fiat em Betim foi inaugurado em 9 de julho de 1976, como a primeira fábrica brasileira de automóveis fora do cinturão industrial de São Paulo, e se tornou a maior fábrica de veículos da América Latina, com capacidade de produção de cerca de 800 mil unidades por ano. Ao longo dos anos, cerca de 16 milhões de unidades foram produzidos na fábrica, cuja área supera os 2 milhões de metros quadrados.

Hoje, na planta de veículos da Fiat em Betim, as três linhas de montagem são responsáveis pela produção de oito modelos. No ano passado, dos 100 mil veículos produzidos pela companhia e exportados, cerca de 70% saíram de Betim com destino a países latino-americanos, como Argentina, México, Chile, Peru e Colômbia.

Clique aqui e participe do nosso grupo no WhatsApp.  

APOSTILAS PARA CONCURSO

Compartilhar