Feira de Santana convoca 101 professores aprovados em concurso

Cento e um professores aprovados na seleção pública simplificada para a Rede Municipal de Ensino de Feira de Santana, cidade a cerca de 100km de Salvador, foram convocados por meio de publicação no Diário Oficial Eletrônico da terça-feira (17) – acesse aqui.

Segundo a Secretaria de Educação, com a convocação, foram totalizados cerca de 500 convocados: na primeira chamada foram 300; na segunda, 100; e nesta última, mais 100. Ainda conforme o órgão, uma candidata que havia perdido o prazo anteriormente entrou com recurso e a Procuradoria Geral do Município decidiu que ela deveria ser convocada nesta terceira chamada.

Os convocados deverão comparecer à Secretaria Municipal de Educação, sala 02, situada na Avenida Senhor dos Passos, 197, no centro da cidade, entre os dias 31 de outubro e 1º de novembro.

Os professores deverão apresentar os seguintes documentos: carteira de identidade; comprovante de inscrição no cadastro de pessoa física (CPF); certidão de nascimento ou casamento; cartão de inscrição no PIS/PASEP; comprovante de regularidade com as obrigações eleitorais; comprovante de regularidade com o serviço militar, quando couber; comprovação de escolaridade mínima compatível com o cargo de acordo com a exigência do edital – diploma do curso de Pedagogia.

Também é exigido histórico escolar para candidatos que concorreram às vagas da cota “oriundo da escola pública e bolsista”; laudo médico atestando a capacidade física para o exercício da função; declaração de bens; atestado de antecedentes policiais; uma foto 3×4; para os selecionados que possuam outros vínculos com o serviço público, declaração dos órgãos de origem informando a jornada de trabalho; carteira de trabalho e previdência social – CTPS; e finalmente comprovante de residência.

Além disso, é preciso apresentar alguns exames laboratoriais acompanhados dos respectivos laudos oferecidos por médico do trabalho, conforme a lista: hemograma completo, válido por três meses; sumário de urina, válido por três meses; acuidade visual, válido por até seis meses; raio X do tórax, válido por seis meses; laudo médico atestando capacidade física para o exercício da função.

Caso o candidato não compareça até o prazo final estipulado no edital de convocação ou não apresente a documentação necessária, perderá o direito à nomeação e ao ingresso no serviço público municipal.

O prazo de contratação é de um ano, podendo ser prorrogado por igual período. Já a seleção é válida por dois anos e também pode ser prorrogada por igual período.

Clique aqui e participe do nosso grupo no WhatsApp.
Compartilhar