Concurso do Corpo de Bombeiros tem provas objetivas anuladas

O Instituto de Desenvolvimento Educacional, Cultural e Assistencial Nacional (Idecan) divulgou comunicado no qual informa a anulação das provas objetivas para os cargos de soldado condutor e operador de viaturas do concurso do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF). Os exames tinham sido aplicados no dia 5 de fevereiro.

Brasília(DF), 01/09/2015 – Hérois do fogo _ bombeiros . Foto: Rafaela Felicciano/Metrópoles

De acordo com o texto, a anulação atende recomendação da Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público e Social (Prodep), do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios. Segundo o MPDFT, a Ouvidoria do órgão recebeu mais de cem denúncias contra a seleção, por problemas como a não designação prévia das salas de prova, atrasos para o começo da aplicação dos testes e cadernos de provas sem nomes, entre outros.

Em 13 de março, um grupo de aproximadamente 500 pessoas protestou contra a possibilidade de anulação das provas. Segundo o grupo, todos os problemas apontados foram solucionados rapidamente, sem prejuízo aos candidatos. mas não adiantou. A Prodep acatou a recomendar do MPDFT e decidiu pela anulação.

Tal medida foi entendida como necessária em face da inconsistência havida, relativa à divulgação dos locais de realização de provas no site da organizadora”
Trecho da nota do Idecan

Sem data prevista
Responsável pelo exame, o Idecan ainda não definiu nova data para a reaplicação das provas anuladas. Segundo o instituto, informações sobre o novo cronograma serão divulgados posteriormente pelo site www.idecan.org.br.

Em 13 de março, um grupo de aproximadamente 500 pessoas protestou contra a possibilidade de anulação das provas. Segundo o grupo, todos os problemas apontados foram solucionados rapidamente, sem prejuízo aos candidatos. mas não adiantou.

Clique aqui e participe do nosso grupo no WhatsApp.
Compartilhar