Fórum Baiano de Aprendizagem se reúne para planejar o biênio 2016-2017

Protagonismo juvenil e inclusão do debate sobre sustentabilidade na formação de aprendizes foram alguns dos temas discutidos na segunda reunião ordinária do ano do Fórum Baiano de Aprendizagem Profissional (Fobap). O encontro, realizado na última sexta-feira (4), teve como objetivo promover formação ao grupo sobre esses assuntos e planejar as ações para o biênio 2016-2017.
Os integrantes do Fórum participaram de oficinas do Projeto Corporescer, ministrada pela terapeuta e psicóloga Teresa Virgínia Alvaia, conheceram os projetos de Protagonismo Juvenil do Instituto Imbassaí e puderam conhecer propostas de empresas que já vinculam a sustentabilidade à formação de aprendizes.
Também foram definidas ações para os próximos dois anos com o objetivo de tornar o fórum mais representativo. Ao longo dos próximos dois anos devem ser realizadas atividades como capacitação para entidades formadoras, divulgação da aprendizagem no interior do estado, promoção de encontros entre empresas e formadoras e criação de novos instrumentos de divulgação.
Outro tema debatido no encontro foi o Selo da Aprendizagem, lançado em dezembro do ano passado, na primeira edição da Feira da Aprendizagem da Bahia. O grupo discutiu a necessidade de definir critérios para a concessão do selo, destinado às empresas que adotam as melhores práticas de inserção de aprendizes no mercado de trabalho.
A reunião foi coordenada pela Presidente do Fórum, responsável pela Atividade de Inserção de Aprendizes no Mercado de Trabalho da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego na Bahia (SRTE/BA).
Clique aqui e participe do nosso grupo no WhatsApp.
Compartilhar