Condições das rodovias na Bahia por trecho de cobertura da PRF

1. Trecho da Delegacia da PRF em Simões Filho:
BR 324 – Salvador X Feira de Santana (nos dois sentidos) – Rodovia duplicada em boas condições, poucos buracos, atenção quanto ao excesso de velocidade e locais de entrada e saída de veículos, como próximo ao posto Fiscal e nos trevos para entradas de municípios, como Amélia Rodrigues, Humildes, Berimbal.
BR 101 – Santo Antônio de Jesus, Cruz das Almas, Amargosa, São Felipe, dentre outras, são trechos de rodovia em bom estado, com acostamento e sinalização, mas com algumas curvas muito perigosas.

2. Trecho da PRF em Feira de Santana:
BR 116 sul – Cuidado e atenção redobrada nos desvios das mudanças de pista dupla para pista simples (KM 426 ao 495). Alguns trechos sem acostamento
BR 116 norte – Alguns buracos entre Feira de Santana e Santa Bárbara. Cuidado nas ultrapassagens, pista simples com alto fluxo de carretas;
Anel Viário Norte – Trecho urbano, sem acostamento e sinalização precária.
Anel Viário Sul – Duplicado, sem buracos. Importante respeitar os limites de velocidades.

3. Trecho da Delegacia da PRF em Jequié:
BR 116 – Boas condições (Entre Manoel Vitorino e Paraguaçu);
BR 330 – sentido litoral (Jequié até Barra do Rocha)- Péssimas condições: rodovia sem acostamento, buracos ao longo da via, sinalização precária, trecho sinuoso.
BR 420 (Jaguaquara até Ubaíra) – trecho com poucos buracos, porém sinuoso, sem acostamento e sinalização precária.

4. Trecho da Delegacia da PRF em Senhor do Bonfim:
BR 324 – toda com asfalto novo de Riachão do Jacuípe até Capim Grosso.
BR 407 – de Capim Grosso a Juazeiro também toda com asfalto novo e bem sinalizada, com obras no acostamento no Km 108 e Km 20.

– Condutor atentar para a presença ocasional de animais na pista (jegues) entre os Km 8 e 100 da BR 407 (entre as cidades de Juazeiro e Jaguarari).
– Mesmo com o asfalto em ótimas condições, o condutor deverá obedecer os limites de velocidade, já que tem ocorrido acidentes causados pelo excesso de velocidade. O radar tem sido constantemente utilizado em todo trecho visando inibir esse tipo de infração.

5. Trecho da Delegacia da PRF em Itabuna:
BR 101 – em boas condições.
Pontos críticos: Kms:
403 – “Curva do Itamarati”;
448 – “Curva do Padre”;
489 – “Curva do Óleo”;
535 – “Curva do Cassimiro”;
544 -”Camacanzinho ao Km 570 (Trevo de Anurí), alerta maior no Km 554 com pista molhada. Curvas perigosas;
Do Km 616 Posto de combustível Paraiso ao Km 654 (Ventania) – curvas perigosas.
BR 415 – com buracos entre os km 51 e 53, o restante em boas condições. BR 330 – em boas condições (buracos esporádicos).
BR 030 – rodovia não pavimentada.

6. Trecho da Delegacia da PRF em Seabra
BR 242 – do entroncamento com a 116 até Seabra (km112 ao 390) asfalto com muitas emendas, mas sem buracos. Sinalização horizontal precária.

Atenção ao Trecho do Pai Inácio, KM 330 até 355;
Ressalta-se que em toda a extensão da BR 242 há um intenso fluxo de veículos de carga, devido ao escoamento da safra da região Oeste da Bahia.

7. Trecho da Delegacia da PRF em Paulo Afonso:
BR 235 – 90% do trecho de asfalto, porém ainda tem cerca de 10% como estrada de chão. Sentido Jeremoabo – Bendengo.
BR 110 – com buracos entre Nova Soure (Km 220) e Olindina (Km 243), muita atenção a esse trecho, pois a pista vem boa e de repente tem algumas crateras, inclusive ocasionando acidentes com óbitos, pois condutores tentam desviar e vão pra fora da pista.
BR 116 – com buracos no trecho de Chorrocho (Km 50) até Trevo de Macure (Km 74), no mesmo estilo da 110, a pista vem boa e de repente aparece a cratera, muitos acidentes com saída de pista devido aos condutores tentarem desviar dos buracos.
BR 410 – com bastante buracos em toda sua extensão, do Km 0 ao 36, foram colocados cascalhos nos buracos, com isso diminuiu os acidentes, mas com o passar dos carros o cascalho vai saindo e os buracos aparecem novamente.

8. Trecho da Delegacia em Vitória da Conquista:
BR 116 / MG – Alguns buracos entre os Km’s 14 e 52;
BR 116 / BA – Trecho com alguns buracos, mas bem sinalizado. Os pontos críticos se referem aos perímetros urbanos de Cândido Sales, Vitória da Conquista, Povoado de Pé de Galinha, Povoado de Lagoa das Flores, Planalto, Poções e Manoel Vitorino, devido ao grande número de pedestres, bem como tráfego local;
Anel Rodoviário de Vitória da Conquista (Km 0 ao 29,9) – Trecho em bom estado de conservação e bem sinalizado. Os pontos críticos estão localizados principalmente nos cruzamentos existentes: Viaduto do Distrito Industrial, Pedra Branca, Trevo de Acesso a Brumado, Campinhos, Viaduto do Atacadão, Trevo de Acesso a Ilhéus e Acesso ao Bairro Urbis VI. Ressalta-se o Km 7, onde existem dois condomínios residenciais com grande aglomeração de pessoas e veículos.

9. Trecho da Delegacia da PRF em Eunápolis:
BR 101 – Da ponte do Jequitinhonha ate o km 727 em boas condições.
727 ao 743 em obras, com pare e siga. 743 ate a divisa em condições razoáveis, acostamento péssimo.
BR 367 – em boas condições.
BR 418 – condições razoáveis.

10. Trecho da Delegacia da PRF em Barreiras
BR 135 – Rodovia em boas condições, sendo que alguns trechos sem acostamento.
BR 242 – do Km 499 até o Km 903, rodovia em boas condições. Obras de manutenção na região de Ibotirama.
BR 349 – Rodovia com muitos buracos.

Barreiras: A região da BR 242 no trecho de Barreiras, também está em obras de manutenção. Porém sem maiores problemas (trecho com pare e siga);
– A BR 135 tem como principal problema a falta de acostamento;

Clique aqui e participe do nosso grupo no WhatsApp.
Compartilhar