Para passar em concurso público não basta estudar

Todos os anos milhares de pessoas disputam uma vaga nos concursos públicos, inclusive para a Polícia Militar. Muitas são dispostas para o estudo e gana para servir e proteger. Grande parte já têm ensino superior ou são profissionais da corporação de longa data, ou os dois. Sem dúvida, esses candidatos altamente qualificados seriam muito bem vindos na corporação.
Porém, dessa massa de candidatos, a maioria peca por não conhecer o principal obstáculo que os separa da tão sonhada vaga: o concurso. Os candidatos, principalmente os de primeira viagem, não conhecem e não sabem fazer concurso. Desinformação e falta de técnica, eis o problema.
Claro que com o tempo, se persistirem, aprenderão à duras penas os atalhos dos processos seletivos. Talvez percam muito tempo até chegar lá. E tempo é coisa que os candidatos mais próximas da idade limite – 30 anos – não podem se dar ao luxo de perder.
Concurso não é um bicho de sete-cabeças, não é coisa para gênios ou superdotados, tampouco para os que estudam muito. Concurso é para aqueles que além do conhecimento das matérias da prova, dominam a técnica de fazê-las.
Não basta estudar. A quantidade de pessoas que estudam é muito grande, porém poucos são aprovados. Nem sempre quem estuda mais aprende mais. Vários fatores, como a técnica de estudo, o ambiente, a dosagem, o método de aferição periódica de aprendizagem, o “saber fazer prova”, em lugar de apenas saber a matéria, entre muitos outros fatores, interferem no proveito que se tira das horas dedicadas à preparação.
Também é errado supor que quem aprende mais tira notas maiores, já que em seu desfavor contam o nervosismo, o “branco”, o fato de não se observar que determinada matéria tinha o dobro do peso da outra, o desconhecimento de seus direitos básicos, quando se poderia recorrer ao judiciário, para citar alguns exemplos.
Podemos afirmar então, sem medo de errar, que informação e técnica contam, muitas vezes, muito mais que o conhecimento, desde que este atinja o mínimo para não eliminar o candidato. Conhecer a fundo as peculiaridades e os macetes do concurso vão ser o diferencial em relação aos demais candidatos e o atalho rumo à aprovação.
Prepare-se para o concurso da PM-BA

Clique aqui e participe do nosso grupo no WhatsApp.
Compartilhar