Bahia vai ganhar Centros Vocacionais Tecnológicos do MCTI

Seis Centros Vocacionais Tecnológicos (CVT) serão implantados na Bahia pela Secretaria do Trabalho, Emprego Renda e Esporte (Setre) em parceria com o Ministério da Ciência e Tecnologia – MCTI.  Um desses será especialmente para formação em Economia Solidária e Cooperativismo. O anúncio foi feito nesta quinta-feira10, durante reunião do Conselho Estadual de Cooperativismo.

Segundo a Coordenadora de Formação e Divulgação da Superintendência de Economia Solidária, Tatiana Reis, “a proposta é criar seis CVT que promovam as cadeias produtivas do Cacau, Caprino-ovinocultura e Guaraná”.

Além dessas cadeias, o projeto Setre-MCTI visa à implantação de um CVT voltado à permacultura (cultura que trata de métodos holísticos); outro que desenvolva o programa Trilha Digital (para jovens); e um de Formação em Economia Solidária e Cooperativismo. Discutiu-se ainda outras propostas como  uma Agenda Especial de Turismo.

Turismo

Tatiana Reis explicou também que o segmento envolve muito do cooperativismo e da economia solidária. Envolve artesanato, hotelaria, bares e restaurantes e o setor de transporte. “Por isso, foi agendado um encontro com o secretário estadual de Turismo, Nelson Pelegrino, para discutir sobre o tema.

O conselho anunciou ainda a aprovação pela Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (SEPPIR) de um projeto da Setre de formação de gestores na temática do Combate ao Racismo Institucional e Promoção da Igualdade Racial.

Celebrações

Presidente do colegiado, secretário Estadual do Trabalho e Esporte, Álvaro Gomes, convidou os presentes a homenagear na próxima segunda-feira 14, na Assembleia Legislativa do Estado, o secretário Nacional de Economia Solidária, professor Paul Singer, que vai receber o título de Cidadão Baiano.

Álvaro Gomes elogiou a iniciativa da deputada estadual Neuza Cadore, autora do projeto, justificando que se trata de uma justa homenagem. “A vida do professor Paulo Singer é um exemplo a ser seguido. É um verdadeiro militante das causas sociais e uma das maiores referências nacionais e internacionais em economia solidária”.

A homenagem ao professor faz parte da programação da Semana Baiana da Economia Solidária e da celebração pela passagem do Dia Nacional da Economia Solidária, que é comemorado em 15 de dezembro. A data faz referência ao aniversário do ambientalista Chico Mendes, outro símbolo da luta pelo desenvolvimento sustentável no Brasil.

Ainda como parte das comemorações, acontece uma exposição de fotografias de empreendimentos e ações em economia solidária, do fotógrafo Marcelo Reis, de 14 a 18 do corrente, no térreo do prédio da Setre/Saeb, no horário comercial.

Compartilhar